História da Matemática

terça-feira, setembro 05, 2006

Contando com os egípcios

Há mais ou menos 3.600 anos, o faraó do Egito tinha um súdito chamado Aahmesu, cujo nome significa “Filho da Lua”.
Aahmesu ocupava na sociedade egípcia uma posição muito mais humilde que a do faraó: provavelmente era um escriba. Hoje Aahmesu é mais conhecido do que muitos faraós e reis do Antigo Egito. Entre os cientistas, ele é chamado de Ahmes. Foi ele quem escreveu o Papiro Ahmes.

O papiro Ahmes é um antigo manual de matemática. Contém 80 problemas, todos resolvido. A maioria envolvendo assuntos do dia-a-dia, como o preço do pão, a armazenagem de grãos de trigo, a alimentação do gado.
Observando e estudando como eram efetuados os cálculos no Papiro Ahmes, não foi difícil aos cientistas compreender o sistema de numeração egípcio. Além disso, a decifração dos hieróglifos – inscrições sagradas das tumbas e monumentos do Egito – no século XVIII também foi muito útil.
O sistema de numeração egípcio baseava-se em sete números-chave:


1 10 100 1.000 10.000
1.000.000

Os egípcios usavam símbolos para representar esses números.
Um traço vertical representava 1 unidade:

Um osso de calcanhar invertido representava o número 10: Um laço valia 100 unidades:

Uma flor de lótus valia 1.000:

Um dedo dobrado valia 10.000: Com um girino os egípcios representavam 100.000 unidades:

Uma figura ajoelhada, talvez representando um deus, valia 1.000.000:
Todos os outros números eram escritos combinando os números-chave.
Na escrita dos números que usamos atualmente, a ordem dos algarismos é muito importante.
Se tomarmos um número, como por exemplo:

256


e trocarmos os algarismos de lugar, vamos obter outros números completamente diferentes:


265 526 562 625 652

Ao escrever os números, os egípcios não se preocupavam com a ordem dos símbolos. Observe no desenho que apesar de a ordem dos símbolos não ser a mesma, os três garotos do Antigo Egito estão escrevendo o mesmo número:

De acordo com o site: http://www.upf.tche.br

9 Comments:

  • At 12:06 PM, Anonymous Anônimo said…

    na verdade oque eu preocurava era a história de quando e como surgiu os numeros naquela epóca e não foi isso que eu encontrei

     
  • At 9:34 AM, Blogger juju weber said…

    bom eu queria saber como surgiu ,pra fazer estudos autonomos mass . tomara q a professora aceite

     
  • At 10:03 PM, Anonymous Anônimo said…

    quero o nome e aquele dedo dobrado não é esse o nome dele o nome é DEDO DO FARAÓ

     
  • At 10:04 PM, Anonymous Anônimo said…

    quero o nome e aquele dedo dobrado não é esse o nome dele o nome é DEDO DO FARAÓ

     
  • At 2:53 PM, Anonymous Anônimo said…

    pesquisa enteressante,me ajudou muito!!!

     
  • At 10:58 AM, Anonymous Anônimo said…

    Não era bem isso que eu procurava' mass... sahushaushauhsuahush'

     
  • At 10:59 AM, Anonymous Anônimo said…

    isso aki é uma baita de uma putariia... auhsuahs'

     
  • At 11:01 AM, Anonymous Anônimo said…

    achei o que eu procurava... muito legal esse site... hehehe

     
  • At 7:51 PM, Anonymous Anônimo said…

    obrigado ai o site é muito explicativo e fácil de aprender-joab 1°ano matemática ueg-iporáa

     

Postar um comentário

<< Home